2007/04/09

Afinal, não eram os Gregos que costumavam ser uma cambada de gays?







Fui hoje ver o "300", grande filme acerca da histórica batalha entre os brilhantes Lacedemónios (para vocês, ignorantes, eram os Espartanos) contra o sombrio império dos Persas, liderados pelo malévolo e amaricado rei Xerxes.

Ora, já se sabia que o Grande Rei era interpretado por um brasileiro, mas tinham de pôr lá o Ney Matogrosso? Não admira que os Iranianos tenham ficado um bocadinho irritados com a coisa.


PD

4 comentários:

A.H. disse...

PD sai do armário e afirma-se (enterra-se, deixa que lho enterrem?) cada vez mais como o cronista gay da Arca? Fica a questão. É uma resposta possível à contestação reynante nos comentários menos anciãos...

PD disse...

Mas toda a gente conhece o meu carácter absolutamente lésbico; por isso, não me alongarei (deitarei) mais sobre a dita questão.

PD

A.H. disse...

This is not America... sha-la-la-la-la... Não batam mais no ceguinho; tens razão. Dixit.

Anónimo disse...

Num percebi nada!